Hyper-V – Linux Integration Services v2.1 – Instalação no SUSE 10 SP3


Recentemente foi lançado o Hyper-V Linux Integration Services v2.1 como mostrado neste post: Virtualization Team Blog – Linux Integration Services v2.1 Now Available

Este release, conforme comentado em outro post (link) traz melhorias consideráveis tais como: suporte a dispositivos sintéticos, suporte a SMP, etc.

Abaixo vamos ver como realizar a instalação do Integration Services v2.1 em uma máquina virtual executada no Hyper-V rodando SUSE Linux Enterprise 10 com SP3.

1. Abra o “YaST – Control Center” e selecione “Software Management”

install01

2. Em “Filter” selecione “Package Groups” e no painel à direita marque “gcc” e “gcc-c++” (também é possível instalar estes componentes durante o setup inicial da máquina)

install02

3. Em “Filter” selecione “Installation Sources” e no painel à direita marque “atk-devel”

install03

4. Clique em OK, aguarde a instalação dos componentes selecionados e insira o CD de instalação caso seja solicitado.

5. Após a instalação destes componentes, configure a máquina virtual Linux para utilizar a ISO do Integration Services. Se você ainda não baixou a ISO, faça o download em: Download – Linux IS v2.1

6. Com a ISO carregada, é hora de instalar o Integration Services. Para isto, abra o terminal de comandos e utilize a sequência abaixo:

  1. mkdir /mnt/cdrom
  2. mount/dev/cdrom /mnt/cdrom
  3. mkdir /opt/linux_is_v21
  4. cp /mnt/cdrom/* /opt/linux_is_v21 –R
  5. cd /opt/linux_is_v21
  6. make
  7. make install
  8. reboot

install04

7. Após a instalação e restart da máquina, vamos validar a instalação dos componentes. Para isto, abra o terminal de comandos e digite:

  1. /sbin/lsmod | grep vsc

Teremos as informações abaixo:

install05

8. Agora vamos validar a versão dos componentes instalados. Para isto, abra o terminal de comandos e digite:

  1. modinfo vmbus

Teremos as informações abaixo:

install06

Instalado com sucesso.

Estas informações sobre instalação, versões suportadas, etc, também podem ser encontradas no arquivo PDF “Linux Integration Services v2.1 Read Me” que está localizado dentro da ISO de instalação. Vale a leitura!

Um abraço,

Alexandre Perazza

, ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: